Exame psicológico do concurso público de delegado ocorre domingo

9 de dezembro de 2019 - 15:45

Acontecerá nesse domingo, 17, mais uma fase do concurso público para Delegado Substituto da Polícia Civil do Estado de Sergipe promovido pelo Governo do Estado, através da extinta Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplag) e Secretaria de Segurança Pública (SSP). É a do exame psicológico, de presença obrigatória e de caráter eliminatório, que será realizado pelo Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe), no local, na data e nos horários estabelecidos na consulta individual.

O candidato deverá observar todas as instruções contidas no edital e acessar o endereço eletrônico http://www.cespe.unb.br/concursos/pc_se_18_delegado, para verificar o seu local de realização do exame psicológico. Nesse exame, o candidato será considerado apto ou inapto. Será considerado inapto e, consequentemente, eliminado do concurso o candidato que não apresentar os requisitos psicológicos necessários ao exercício do cargo.

No dia da realização do exame psicológico, o candidato deverá comparecer no local e nos horários predeterminados na consulta individual, munido do documento de identidade original e de caneta esferográfica de tinta preta, fabricada em material transparente. Não haverá segunda chamada para a realização do exame psicológico.

As respostas aos recursos interpostos contra o resultado provisório na prova de capacidade física estarão à disposição dos candidatos a partir da data provável de 15 de fevereiro de 2019, no endereço eletrônico http://www.cespe.unb.br/concursos/pc_se_18_delegado. E o resultado provisório no exame psicológico será publicado no Diário Oficial do Estado de Sergipe e divulgado na internet, na data provável de 11 de março de 2019.

Inscreveram-se no concurso 4.677 candidatos para vagas de ampla concorrência, sendo 124 candidatos com deficiência e 812 candidatos negros. Todos esses candidatos participaram da prova objetiva no dia 14 de outubro de 2018. O concurso prevê o preenchimento de 10 vagas, sendo duas reservadas aos candidatos deficientes e uma aos afrodescendentes, com remuneração inicial de R$11 mil.