Governo de Sergipe realiza concurso para contador após 30 anos

11 de setembro de 2023 - 07:34

O certame visa preencher 54 vagas, com 39 delas destinadas à ampla concorrência, 10 reservadas para pessoas com deficiência (PcD) e 5 para afrodescendentes

 

O Governo de Sergipe, por meio da Secretaria de Estado da Administração (Sead), realizou neste domingo, 10, um novo concurso público para contador, após um intervalo de 30 anos. O certame visa preencher 54 vagas, com 39 delas destinadas à ampla concorrência, 10 reservadas para pessoas com deficiência (PcD) e 5 para afrodescendentes. O certame, que registrou um total de 1.302 inscrições, teve a efetiva participação de 853 candidatos.

A secretária da Administração, Lucivanda Rodrigues, destaca o comprometimento do Governo do Estado na valorização do serviço público. Para ela, a gestão de Fábio Mitidieri tem se destacado por seu compromisso com o serviço público e por proporcionar oportunidades para aqueles que desejam servir ao Estado de Sergipe.

A secretária revela que a realização deste concurso é de extrema importância para o Estado, pois visa aprimorar a estrutura de pessoal, promovendo uma gestão mais eficiente e transparente. “A entrada de novos servidores contadores, especialmente nas áreas administrativas e financeiras dos órgãos e entidades da Administração Pública Estadual, contribuirá significativamente para fortalecer a estrutura governamental, garantindo um melhor funcionamento e atendimento às demandas da população”.

O gerente geral de Concursos da Sead, Sidney Rocha, destaca que além deste concurso para contador, o governo já realizou este ano dois outros certames (Cogerp e Emdagro), além da Procuradoria do Estado com inscrições em andamento. Sidney ressalta que estão previstos mais três concursos para 2023: para Administração Estadual do Meio Ambiente (Adema), Fundação Renascer e na Agência Reguladora de Serviços Públicos do Estado de Sergipe (Agrese). “Isso demonstra o firme compromisso do governo em fortalecer suas equipes de trabalho na administração pública”.

Sidney reforça que as inscrições para o concurso de Procurador do Estado começaram no último dia 4 de setembro e se estenderão até 3 de outubro. Ele também destaca as vantagens deste cargo, que oferece cinco vagas com cadastro de reserva, com carga horária de 30 horas semanais e um vencimento inicial de R$ 17.198,18. “As datas das provas já estão definidas, com a prova objetiva agendada para 19 de novembro e a prova discursiva prevista para 7 de janeiro de 2024”.

Sidney revela ainda que até o momento foram abertas 179 novas oportunidades em concursos públicos, com 116 novos servidores já empossados durante a gestão de Fábio Mitidieri, incluindo 46 auditores de tributos e 70 agentes e escrivães de Polícia Civil. “Com os três concursos adicionais planejados, a previsão é que aproximadamente 60 novas vagas sejam disponibilizadas por meio desses certames, reforçando ainda mais os quadros de profissionais do Estado”.

O contador Jonas de Moraes, com sua sólida formação dos anos 90, acumulou experiência na área trabalhando em empresas privadas, porém, atualmente, almeja uma trajetória mais estável e comprometida na Administração Pública. “Minha expectativa agora é dar início a este novo capítulo em minha carreira profissional”, compartilha Jonas, ansioso por essa transição e o compromisso que ela representa.

Para Silvana dos Santos, a expectativa em relação a este concurso é extremamente positiva, pois dedicou muito tempo aos estudos para obter um bom desempenho na prova. Ela vê esta oportunidade como um passo crucial para conquistar a estabilidade profissional tão almejada, ingressando na Administração Pública. Com mais de duas décadas de experiência na área de contabilidade, Silvana entende que o setor privado oferece oportunidades, mas também traz a insegurança de demissões repentinas. Ela acredita que, ao ser aprovada neste concurso, sua carreira tomará um rumo mais seguro e estável, representando uma mudança significativa em sua vida profissional.

Claudevi Dias, morador da Bahia, tem claros objetivos com a aprovação neste concurso. “Minha aspiração vai além da estabilidade na minha área de atuação; inclui também a mudança de cidade”, afirma. Ele está determinado a realizar uma boa prova e garantir uma vaga que não apenas assegure sua carreira, mas também lhe proporcione a oportunidade de iniciar uma nova fase profissional.

Outro candidato baiano é Pedro Ivo, formado há apenas um ano, declarou seu compromisso de se deslocar até Aracaju exclusivamente para participar do concurso. “Além da perspectiva de conquistar um cargo público, o que me atraiu foi uma oportunidade de crescimento profissional no Estado”. Pedro Ivo vê neste concurso não apenas uma porta para a estabilidade, mas também um trampolim para avançar em sua carreira e contribuir positivamente para o desenvolvimento do Estado de Sergipe.