Sead divulga resultado final da 1ª fase e publica convocação para prova de títulos do concurso para contador

7 de dezembro de 2023 - 12:32

Envio de documentos da prova de títulos deverá ser realizado das 9h do dia 8 de dezembro até às 23h59 do dia 12 de dezembro, exclusivamente pelo site do Instituto Brasileiro de Gestão e Pesquisa

 

A Secretaria de Estado da Administração (Sead) divulgou nesta quinta-feira, 7, o resultado final da totalização das provas objetiva e discursiva do concurso público para contador do Estado. A convocação para a prova de títulos também foi publicada, marcando uma nova etapa do certame que visa preencher 54 vagas.

O resultado está disponível no Diário Oficial do Estado e também nos sites da Sead e do Instituto Brasileiro de Gestão e Pesquisa.

A prova objetiva com questões de conhecimentos gerais e específicos e a prova discursiva (redação de texto dissertativo) foram realizadas no dia 10 de setembro, em Aracaju. O certame, que registrou um total de 1.302 inscrições, teve a efetiva participação de 853 candidatos.

Convocação para prova de títulos

A prova de títulos terá por finalidade verificar o enriquecimento da capacitação e da especialização técnico-profissional do candidato para fins de classificação. Por isso, nesta etapa, serão considerados e pontuados a formação acadêmica e a experiência profissional do candidato.

Para o concurso de contador do Estado, o envio dos documentos deverá ser realizado das 9h do dia 8 de dezembro até às 23h59 do dia 12 de dezembro, exclusivamente pelo site do IBGP. Neste endereço eletrônico, o candidato terá que, escolher a opção “Títulos”, realizar o download do “Formulário de Avaliação de Títulos” e preenchê-lo corretamente, conforme instrução.

Já o envio do formulário junto aos títulos deverá ser realizado somente por upload, também no site do IBGP, na “Área do Candidato” – “Meus Concursos>>Ver Detalhes>>Envio de Arquivos”, em arquivo único, formato PDF.

Concurso para contador

O concurso público para contador visa preencher 54 vagas, com 39 delas destinadas à ampla concorrência, 10 reservadas para pessoas com deficiência (PcD) e 5 para afrodescendentes. O objetivo é aprimorar a estrutura de pessoal e contribuir para uma gestão mais eficiente e transparente.

Além das provas objetivas e discursivas, e da prova de títulos, haverá também perícia médica para candidatos PcD e aferição de cota racial (candidatos autodeclarados afrodescendentes).